You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

Heimtextil

Design | 18 Jan 2017

BALANÇO DE UMA FEIRA “INCONTORNÁVEL” PARA O SETOR TÊXTIL

 

A primeira feira do ano para o sector têxtil já terminou. A Heimtextil, que decorreu em Frankfurt, entre os dias 10 e 13 de janeiro, recebeu quase 70 mil visitantes que puderam conhecer as propostas de 2963 expositores. Houve, assim, um aumento de ambos os números em relação a 2016.
Organizadora desta feira de produtos têxteis, a Messe Frankfurt destaca o sucesso do evento referindo que os visitantes foram “convencidos pela qualidade e variedade dos produtos em exibição e pelas tendências da nova estação”. No que diz respeito às empresas, a organização refere que estas “pareceram altamente satisfeitas” com as encomendas e contactos de negócio realizados.
O balanço positivo é reforçado por Paulo Vaz, diretor da Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP), que refere que “a esmagadora maioria das empresas presentes se mostraram muito positivas relativamente ao ambiente de negócios” e que consideraram que a feira ficou “acima das expectativas”. Na opinião de Paulo Vaz, este é um “bom barómetro para o ano”. O diretor da ATP diz ainda que também o selo FASHION FROM PORTUGAL foi apresentado na Heimtextil. Este selo, que complementará a etiqueta Made in Portugal, é um “projeto de valorização da imagem do setor têxtil e vestuário” e tem como objetivo reforçar a sua “perceção internacional”. “No têxtil para o lar, somos praticamente líderes a nível europeu”, afirma Paulo Vaz, referindo que as empresas portuguesas se destacam, sobretudo, na roupa de cama, banho e mesa. Já a Villafelpos considera que a “qualidade na conceção e design dos [seus] produtos é o mais reconhecido e apreciado” pelos seus visitantes.
Participar na Heimtextil é uma vantagem para as empresas do setor. A Villafelpos refere a importância de estar presente na “principal feira do sector têxtil em termos mundiais” de forma a partilhar toda a “qualidade e know-how”. Já na opinião de Paulo Vaz, a Heimtextil “é incontornável” dado que é uma “feira de plataforma”, sendo visitada por vendedores e compradores. Paulo Vaz destaca, ainda, a presença de cerca de 40 empresas portuguesas (em 81 que compareceram) no pavilhão premium, o “mais valorizado” da feira.
Cristina Motta, diretora da Messe Frankfurt para Portugal, salienta a participação das 81 empresas portuguesas, que “ocuparam 5 402 m2 de área de exposição, o que constitui um record em termos de espaço ocupado”. As empresas nacionais, “na sua grande maioria”, apresentam-se “no setor cama e banho, onde se destacam no sector premium”.

 


Villafelpos


Villafelpos


ATP

 

 

Fotos: Messe Frankfurt

Villafelpos

Messe Frankfurt

ATP

Relacionados

MOJUHLER

MOJUHLER

Design
Laurent

Laurent

Design

#Siga-nos no Instagram @roofmagazine